Dilema

   Prezados,

Na passada semana surgiu-me um dilema (que surpresa?!). Indagava eu sobre as mulheres, as relações que temos com elas, poligamia, etc..., e a certa altura concebo algumas preposições: numa relação com uma mulher bonita corro o risco de ser traído por ela. Este risco decorre dos apelos e oportunidades criados por outros homens ao depararem-se com uma mulher sexualmente atractiva. É normal. Não discuto. E é neste momento, no qual a minha masculinidade é diminuída e substituida por um par de apêndices cranianos, que eu me proponho a acabar com este problema. Se a minha parceira bonita me partilha com outros homens, só há uma atitude a tomar: trocar por uma mulher feia. Problema resolvido. Ninguém vai olhar para uma mulher feia. E mesmo que isso aconteça, o olhar será desviado naturalmente á procura de uma mulher bonita (vulgo gata ou gatinha). As oportunidades de ser traído diminuem abruptamente.
   O dilema, em si, surge agora e ataca-me agora como uma pedra lançada por palestinianos na faixa de Gaza: É preferivel partilhar um prato de morangos ou comer um prato de merda sózinho?

Entre o mar e as balas perdidas, o sempre vosso,

Bri.
publicado por Señor B às 00:00