Sra. Depressão

Olá senhora depressão. Vamos fugir juntos e perdermo-nos entre amigos, vamos pôr o nosso melhor sorriso e fazer de conta que não está frio. Sei onde há uma festa hoje. Acompanha-me, não me deixes ir sozinho.

Chegámos. Traz-me uma bebida. Não, traz duas. Qual? Uma qualquer, bebo o que tu fores beber. Reparo agora que te deram um copo descartavel. Não faz mal, não pretendo levar nenhuma recordação comigo. Vou sentar-me naquele banco. Óptimo, tem espaço para dois. O teu vestido é muito bonito. Eu devia ter vindo com uma roupa mais elegante. Vamos embora, já estou farto. Esta gente é mal-educada. Estiveste sempre a meu lado e nunca te cumprimentaram. Parece até que não te viam. Posso pagar-te uma bebida noutro lugar? Sim? Que bom. Conheço um bar com música boa onde ninguém nos ouve e podemos estar sozinhos.

Sim, pede uma bebida forte enquanto eu vou ao wc. Os copos daqui são de vidro. Vou levar um. O caixa não viu o copo e só me cobrou metade das nossas bebidas. Gostei do bar, tenho de voltar noutro dia.

Este é o meu quarto, aquela é a minha cama. Porque não te vens deitar comigo? Abraça-me e não me largues, ajuda-me a passar a noite. Já conheces o dia? Amanhã apresento-to.

 

publicado por Señor B às 03:11